Sobre Garanhuns

Diz a sabedoria popular de um povo que vive no coração do Agreste Pernambucano que quem beber da água de Garanhuns, um dia volta. Não é para menos, essa cidade, de 131.313 mil habitantes (IBGE 2009), ergue‐ se imponente entre sete colinas. Talvez seja essa a explicação para um clima tão agradável. Garanhuns está situada no planalto da Borborema, a 842 metros acima do nível do mar. No ponto mais elevado, a altitude chega a 1.030 metros. É o principal município do Agreste Meridional, distante 230 quilômetros da capital do Estado.

Essa localização privilegiada é, sem dúvida, o que lhe dá um charme todo especial. São as sete colinas ‐ Monte Sinai, Triunfo, Columinho, Ipiranga, Antas, Magano e Quilombo ‐ que proporcionam o clima de montanha, onde a temperatura média anual é de 21 graus, variando entre nove graus no inverno, e podendo chegar a 30 no verão. A paisagem, permanentemente verde, e a exuberância das flores espalhadas pelas praças também são as responsáveis pelos carinhosos títulos de “Suíça Pernambucana”, “Cidade das Flores” e “Cidade do Clima Maravilhoso”.

Esse cenário que torna Garanhuns diferente de outras cidades do interior de Pernambuco tem explicação. Há cinco anos o perfil do município é outro. A administração do atual Governo não tem medido esforços para colocar a cidade em situação de destaque. E vem conseguindo: quem anda pela cidade encontra ruas asfaltadas, praças bem cuidadas, uma série de lojas, bares e restaurantes. Um lugar em pleno desenvolvimento. Sem falar que Garanhuns, segundo os números do IBGE, é hoje um dos 23 municípios do Estado com melhor qualidade de vida.

É por isso que os visitantes se encantam, clima frio e ar europeu em pleno Agreste de Pernambuco. Quem poderia imaginar? Diariamente e em todas as estações, Garanhuns abre suas portas, calorosamente, para receber pessoas vindas de toda parte. Conhecer Garanhuns é descobrir que o paraíso existe, entre sete colinas.

Polo Médico e Educacional

Garanhuns é também um centro regional de saúde e educação. Na saúde, diversos hospitais, empresas de saúde e assistência médica estão aqui instaladas. A Universidade de Pernambuco – UPE (CAMPUS Garanhuns); a Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE (Unidade Acadêmica de Garanhuns); a AESGA – Autarquia de Ensino Superior de Garanhuns, mantenedora das Faculdades de Direito (FDG), Administração (FAGA), Ciências Sociais Aplicadas e Humanas (FAHUG) e Ciências Exatas de Garanhuns (FACEG), os quais oferecem cursos de graduação e pós‐graduação. Além da demanda de Instituições que oferecem Ensino a Distância. No setor educacional, em todas estas instituições acadêmicas está sendo constituída a expansão das suas atividades, com abertura de novos cursos.

Para formação e qualificação de profissionais, além dos diversos cursos de informática, a cidade conta com os serviços e cursos disponibilizados pelo SEBRAE, SENAC, SESI, SESC e uma unidade do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), antigo CEFET que oferece cursos técnicos profissionalizantes.

O município é abastecido pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), com água tratada. A coleta de lixo é feita pela LOCAR, empresa de caráter privado, que atende a toda região urbana e rural, sob supervisão da Prefeitura, contando também com aterro sanitário.

Economia

Vários ciclos econômicos marcaram a evolução do município ao longo do século XX. O primeiro deles estava ligado ao traço mais forte de sua identidade: o cultivo do café, seguido pela diversificação de produtos agropecuários. A partir de 1966, inicia‐se novo ciclo, com ênfase para o comércio, o turismo e serviços no município, cuja participação em nosso PIB é de 62,04%, seguido da indústria com 32,88% e agropecuária com 5,08% (IBGE, 2002).

Na bovinocultura, a bacia leiteira concentrada na região do município de Garanhuns, participa com aproximadamente 40% ‐ 144 milhões de litros – na produção de leite em Pernambuco, que nos últimos dois anos foi registrado um crescimento de 23%, atingindo cerca de 360 milhões de litros por ano, colocando o estado em segundo lugar no ranking do Nordeste (Fonte: ADDIPER – Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, out/2005).

Garanhuns é a soma de história, progresso, folclore, festas e feiras culturais, belezas naturais, da convivência harmônica de técnicas artesanais, de hospitalidade do seu povo, com atrativos turísticos inigualáveis. Uma das principais atrações urbanas da cidade é o Cristo, no alto do Magano. Ainda na área da cidade, dentre outros pontos turísticos, pode‐se visitar o Relógio de Flores, o Santuário Mãe Rainha, o Parque Ruber van der Linder, o Parque Euclides Dourado, com sua pista arborizada para caminhadas e um grande comércio que oferece ótimas oportunidades para compras diversas.

Informações sobre o Município

Data de Criação: 10 de março de 1811
Data de emancipação: 4 de fevereiro de 1879 – Lei 1.309/79

Distância de Garanhuns para:

Aracaju – SE 300km
Arapiraca – AL 120km
Arcoverde – PE 100km
Campina Grande – PB 230km
Caruaru – PE 94km
Fortaleza – CE 900km
João Pessoa – PB 330km
Maceió – AL 185km
Natal – RN 480km
Palmeira dos Índios – AL 90km
Recife – PE 225km
Salvador – BA 750 km
SUAPE (Cabo/Ipojuca) – PE 180 km